Digital clock

domingo, 3 de junho de 2012



Quem me dará a mão...
Quando do mundo não restar nada...
Quem mostrará a luz...
Quando meus olhos estiverem
Cansados da escuridão...
Quem me trará a água...
Quando minha boca
Estiver seca de sede...
Quem me mostrará a esperança
Quando meu mundo estiver
Tomado de desilusões...
Quem irá me ouvir
E me dar bons conselhos...
Quando o mundo se fizer de surdo e se calar...
Quem irá atender ao telefone
Quando minhas mãos tremerem ao discar o número...
Quem irá ouvir meus gritos de socorro
E virá me socorrer...
Somos fiéis a uma amizade
Poderemos estar no abismo
Mas jamais soltaremos as mãos.
Mãos unidas por um forte laço
Chamado AMIZADE
Dois Amigos,
Duas Almas
Seguindo
Um Mesmo Caminho.